Blog
Voltar
19/07/2019 16:56

6ª Semana de educação financeira

O sonho de qualquer pessoa é ter uma vida financeira equilibrada, com as contas em dia e ainda sobrando algum dinheiro para investir.

O problema é que, enquanto 99,9% das pessoas querem estar nessa situação, apenas uma pequena fração delas realmente fazem por onde alcançar essa tranquilidade financeira.

O objetivo desse artigo é compartilhar dicas sobre como organizar sua vida financeira e mostrar que qualquer pessoa pode fazer isso, independente de quanto recebe por mês.

1.Defina objetivos financeiros

De nada adianta ter o conhecimento sobre o que e como fazer se você não souber onde quer chegar. A definição de objetivos financeiros permite transformar sonhos em valores, onde é possível saber quanto falta para alcançar cada objetivo.

2.Elabore seu orçamento

A elaboração do orçamento geralmente é feita em três passos: (1) Identifique como você está gastando seu dinheiro atualmente; (2) Avalie seus gastos atuais e defina metas de despesas que levem em conta seus objetivos financeiros de longo prazo; e (3) Acompanhe de perto suas futuras despesas para assegurar que estejam dentro do planejado.

3.Controle suas dívidas

Manter as dívidas sob controle é essencial para o sucesso do seu planejamento.

Faça o acompanhamento mensal de receitas e despesas, se você não tem uma planilha de gastos e sabe o quanto ganha e o quanto gasta, provavelmente não saberá aonde seu dinheiro está indo e, portanto, onde pode cortar seus custos.

4.Faça uma reserva para emergências

Como não sabemos o que estar por vir no dia de amanhã, é necessário estar preparado para qualquer imprevisto que possa acontecer.

O objetivo de montar um fundo para emergência é justamente se preparar para emergências financeiras, como um problema de saúde, consertos no automóvel e na residência ou até mesmo com a perda do emprego.

5.Não viva de aparências

Vivemos em uma sociedade que nos ensina a mostrar o que temos e que um elevado padrão de vida significa felicidade e sucesso. Mas será mesmo? Você prefere ter o carro do ano e uma dívida enorme pra pagar ou um carro popular e econômico e noites tranquilas de sono?

Não viva de aparências. Você não precisa provar nada a ninguém.

6.Seja equilibrado

O principal objetivo em organizar a vida financeira é viver bem tanto no presente quanto se preparar para estar bem também no futuro.

Ao investir nosso dinheiro, devemos dividir o montante entre objetivos de curto prazo (viajar ou trocar de carro), mas também os objetivos mais distantes.

7.Invista seu dinheiro

Já se foi o tempo em que o dinheiro que sobrava era aplicado na poupança. Atualmente a poupança tem apresentado os piores resultados financeiros, hoje para investir uma parte de seu dinheiro existem alternativas tão seguras quanto a caderneta de poupança, porém muito mais rentáveis.

 

8.Aproveite a tecnologia

 Já que vivemos na era da tecnologia, por que não aproveitar? Existem aplicativos e ferramentas online que vão facilitar e muito sua vida. Eles serão grande aliados, principalmente para quem tem uma rotina corrida e não tem tempo para registrar manualmente as despesas e fazer uma análise do orçamento.

Agora com todas estas dicas não tem desculpa para você não ser aliado da educação financeira!



Gostou? Compartilhe!
CMN amplia escopo das fintechs para ajudar a economia a enfrentar os efeitos do COVID-19
O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou as fintechs de crédito autorizadas a operar como Sociedades de Crédito Direto (SCD) a emitir cartões de crédito. A mudança faz parte de um conjunto de aprimoramentos na regulação dessas...
Cooperativa Sulcredi inicia implementaçao de politicas de lideranças
A Sulcredi São Miguel iniciou  dia 11 de março a implementação de sua Política de Lideranças, que tem como principais objetivos, buscar uma constante renovação e oxigenação da entidade, já que somos uma sociedade de pessoas. Também se...
Coronavirus
O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou hoje, em reunião extraordinária, duas medidas que ajudarão a economia brasileira a enfrentar os efeitos adversos do COVID-19. A primeira medida facilita a renegociação de operações de créditos de...
‘Minha Vida Financeira’, do BC, vai ajudar cidadãos e empresas a organizarem suas finanças
Você se lembra de quais empréstimos e financiamentos têm em seu nome? Em quais bancos mantém conta bancária? Ou ainda se tem alguma dívida com o setor público federal? Ficou fácil encontrar tudo isso na página Minha Vida Financeira,...