Blog
Voltar
19/07/2019 16:48

A importância de ter Seguros!

Estamos expostos a diversos tipos de riscos todos os dias de nossa vida. A ideia do seguro é justamente gerenciar riscos de modo a evitá-los ou diminuir os prejuízos de seus danos. Quem contrata um seguro, na verdade, transfere esses riscos para a seguradora e paga um valor para ter a segurança e a tranquilidade de ser indenizado em um momento de infortúnio.

Para evitar surpresas, geralmente fazemos reservas de nosso orçamento, que destinamos para gastos extraordinários. Mas, dependendo do imprevisto, essas reservas de emergência podem não ser suficientes. Imagine, por exemplo, que você sofreu um acidente e ficou incapacitado para trabalhar por um longo período de tempo. Uma hora suas economias vão acabar e não cobrirão mais seus gastos. Para esses tipos de imprevistos, transferir os riscos para a seguradora é a melhor forma de se proteger e evitar dores de cabeça no futuro.

Por que é importante contratar seguro de vida e acidentes pessoais?

Muitas pessoas valorizam seus bens materiais e contratam seguros para carros e outros bens e deixam de proteger bens muito maiores, que são suas vidas e as vidas de sua família. Sendo assim, saiba quais são os principais motivos pelos quais você deve fazer um seguro de vida e acidentes pessoais:

Planejamento financeiro

A proteção do seguro permite que, caso uma eventualidade ocorra com você ou com sua família, seus dependentes não precisem desfazer de patrimônio, prejudicar suas necessidades do dia a dia ou desistir de sonhos e planejamentos futuros. Sua família poderá manter o mesmo padrão de vida de antes e não terá que se preocupar com problemas financeiros.

Segurança e tranquilidade

É muito melhor deitar a cabeça no travesseiro e pensar que você e sua família estão amparados financeiramente do que imaginar que, de uma hora para outra, podem perder tudo o que conquistaram. De nada adianta investir seu capital e construir patrimônio, se não houver o mínimo de segurança para esses investimentos. O seguro traz tranquilidade para situações difíceis, nas quais, muito provavelmente, dinheiro será a última coisa em que você vai querer pensar.

Custo-benefício

Como a procura por seguros de vida e acidentes pessoais é muito baixa, as seguradoras costumam oferecer ótimas coberturas por valores acessíveis. O valor da apólice depende de diversos fatores, como idade do segurado, tipos de riscos e coberturas. Entretanto, se você pensar nos benefícios do seguro, vai concluir que vale muito a pena dispender uma pequena quantia mensal que, normalmente, é gasta com futilidades para ter tranquilidade no futuro.

Quais são as diferenças entre seguro de vida e acidentes pessoais?

Duas são as principais diferenças entre esses tipos de seguro. Vejamos quais são elas:

Cobertura

O seguro de acidentes pessoais tem como objetivo primordial prover o sustento do segurado e de sua família caso ele venha a sofrer um acidente e fique inválido de forma permanente (total ou parcial) e não possa mais trabalhar. Além disso, se, em decorrência desse acidente, o segurado vier a falecer, sua família também estará resguardada. Em se tratando de falecimento, a família só será indenizada se a morte for por acidente.

É importante destacar que não é qualquer tipo de acidente que o seguro cobre. Na hora de contratar, o segurado deve ficar atento a essas cláusulas.

Já o seguro de vida tem uma cobertura muito maior: protege o segurado e seus beneficiários em caso de mortes por acidentes e mortes naturais.

Valor

Por ter uma cobertura muito mais ampla, os seguros de vida são mais caros e levam em consideração a idade do segurado para o cálculo de suas parcelas. Quanto mais avançada for a idade, mais caro será o seguro de vida. Por outro lado, jovens pagam parcelas mais em conta.

Já o seguro de acidentes pessoais não considera a idade do segurado e, geralmente, são mais baratos, já que a sua proteção é menor.

Tanto o seguro de vida como o de acidentes pessoais têm a vantagem de, na situação do sinistro, fazerem o pagamento diretamente ao segurado e a seus beneficiários. O valor da indenização é completamente isento de taxas e impostos, além de não entrar no inventário e não responder por eventuais dívidas.

Apesar das vantagens do seguro de vida e de acidentes pessoais, é preciso precaução na hora de contratá-los. O segurado deve fazer uma análise minuciosa de suas necessidades: pensar em sua carreira, nos rendimentos da sua família, na educação dos filhos. Todos os riscos devem ser considerados e o seguro deve estar dentro do planejamento financeiro da família. O contrato deve ser feito não apenas levando em conta seus valores, mas as assistências previstas, o valor do capital segurado, o custo mensal, quais tipos de invalidez estão cobertas etc.




Gostou? Compartilhe!
Consórcio Imobiliário em 2 vídeos
Está pensando em comprar um imóvel? Então você precisa conhecer o consórcio de imóveis! A Associação Brasileira de Administradoras de Consórcio a ABAC se juntou a influenciadores digitais para explicar como funciona essa modalidade de acesso ao...
O atendimento humanizado como principal diferencial das Cooperativa de Crédito
As cooperativas de crédito são conhecidas, e elogiadas, pelo bom atendimento ao público. Diferente de muitos dos bancos, elas priorizam a humanização e personalização na hora de lidar com os seus cooperadosOutro ponto que faz com que muitas...
Como surgiu o Dia Internacional das Cooperativas de Crédito
 A PRIMEIRA TENTATIVA                                                            ...
Cooperativa participa de evento para comemorar o dia das crianças
No sábado  dia 12, aconteceu o 15º Festival do Sorvete organizado pela JCI Maravilha, durante o evento “Criança, a festa é sua” realizado pela Prefeitura Municipal de Maravilha no espaço Criança Sorriso. Durante o evento a Cooperativa...