Blog
Voltar
10/09/2020 15:03

Dúvidas sobre o Pix?

1-     O que é o Pix?


O Pix é a solução de pagamento instantâneo, criada e gerida pelo Banco Central do Brasil (BC), que proporciona a realização de transferências e de pagamentos. O Pix é concluído em poucos segundos, inclusive em relação à disponibilização dos recursos para o recebedor.


 

 

2-     O Pix é um meio de pagamento?

 

Sim. O Pix é um meio de pagamento assim como boleto, TED, DOC, transferências entre contas de uma mesma instituição e cartões de pagamento (débito, crédito e pré-pago).
A diferença é que o Pix permite que qualquer tipo de transferência e de pagamento seja realizada em qualquer dia, incluindo fins de semana e feriados, e em qualquer hora.


3-    A partir de qual data vou poder usar o Pix?

A data de lançamento do Pix está prevista para 05 de outubro de 2020, de acordo com o seguinte calendário: 

  • 05 de outubro: Início do processo de registro das chaves Pix;
  • 03 de novembro: Início da operação restrita do Pix;
  • 16 de novembro: Lançamento do Pix para toda a população.

 

4-     O Pix usa blockchain?

​Não. O Pix usa estrutura tecnológica centralizada, na qual a comunicação entre os diversos participantes e o BC é realizada por meio de mensageria. 

 

5-     Quais os mecanismos de segurança previsto para o Pix? A segurança faz parte do desenho do Pix desde seu princípio, e é priorizada em todos os aspectos do ecossistema, inclusive em relação às transações, às informações pessoais e o combate à fraude e lavagem de dinheiro. Os requisitos de disponibilidade, confidencialidade, integridade e autenticidade das informações foram cuidadosamente estudados e diversos controles foram implantados para garantir alto nível de segurança.


Todas as transações ocorrerão por meio de mensagens assinadas digitalmente e que trafegam de forma criptografada, em uma rede protegida e apartada da Internet. Além disso, No Diretório de Identificadores de Contas Transacionais (DICT), componente que armazenará as informações das chaves PIX, as informações dos usuários também são criptografadas e existem mecanismos de proteção que impedem varreduras das informações pessoais, além de indicadores que auxiliam os participantes do ecossistema na prevenção contra fraudes e lavagem de dinheiro. 


Estas são as dúvidas mais frequentes sobre o Pix, para saber mais acesse https://www.bcb.gov.br/ 


Gostou? Compartilhe!
Sulcredi participa do 22º São Miguel Tchê
    Estivemos presentes no 22º São Miguel Tchê em São Miguel do Oeste - SC que ocorreu nos dias 13 a 15 de maio. Três dias de muito trabalho, cooperação, tradição e conversa. No decorrer do evento muitas pessoas, entidades,...
Reinauguração da Agência de Flor do Sertão
     Inauguramos um novo espaço na agência de Flor do Sertão na manhã desta sexta-feira (11). O evento contou com a presença de associados, lideranças da comunidade, conselheiros da cooperativa e...
Sulcredi disponibiliza programa SC Mais Renda para associados
    A Sulcredi, através de uma parceria com o BADESC, passou a oferecer mais um serviço para auxiliar os seus associados, micro e pequenos empreendedores, afetados pela pandemia COVID-19. Através do programa SC Mais Renda...
Cooperativas registram grande crescimento em meio a pandemia
Relacionamentos de valor, conectividade e colaboração são essenciais em um cenário de intensa mudança, especialmente diante da crise econômica consequente da pandemia. Essas virtudes intensificam o papel importante do Cooperativismo de Crédito,...